Postagem em destaque

REAÇÕES DE NEUTRALIZAÇÕES

REAÇÕES DE NEUTRALIZAÇÕES São reações químicas que acontecem entre um ácido e uma base. Estas podem ser de neutralização total ou...

Matérias anteriores

domingo, 15 de novembro de 2015

O ÁLCOOL E SEUS EFEITOS NO ORGANISMO

A ingestão de Álcool e seus efeitos



O álcool etílico (álcool comum) é por definição uma droga psicotrópica.
A palavra droga tem origem no holandês antigo droog, folha seca; isso porque antigamente quase todos os medicamentos eram feitos à base de vegetais.
Atualmente, a definição proposta para droga em medicina é a seguinte:
Droga é qualquer substância capaz de modificar a função dos organismos vivos, resultando em mudanças fisiológicas ou de comportamento.
O álccol etílico é uma droga psicotópica depressora do SNC que provoca uma mudança no comportamento e tem potencial para desenvolver dependência.
A ingestão de álcool provoca diversos efeitos, que aparecem em duas fases distintas: uma estimulante e outra depressora.
Nos primeiros momentos após a ingestão de álcool, podem aparecer os efeitos estimulantes como euforia, desinibição e loquacidade (maior facilidade para falar). 
Com o passar do tempo, começam a aparecer os efeitos depressores como a falta de coordenação motora, descontrole e sono. Quando o consumo é muito exagerado, o efeito depressor fica exacerbado, podendo até mesmo provocar o estado de coma.
Efeitos do álcool no organismo de um motorista.

Etanol no sangue/g.L-1
Consequências
Até 0,2
O álcool não produz efeito aparente na maioria das pessoas.
De 0,2 a 0,5
Sensação de tranquilidade; sedação; reação mais lenta a estímulos sonoros e visuais; dificuldade de julgamento de distância e velocidade.
De 0,5 a 1,5
Aumento do tempo de reação a estímulos; redução da concentração e da coordenação; alteração do comportamento (falar muito, ficar extrovertido etc)
De 1,5 a 3,0
Intoxicação; descoordenação geral; confusão mental; visão dupla; desorientação.
De 3,0 a 4,0
Inconsciência; às vezes coma.
5,0
Morte

Concentração de álcool no sangue em função da massa corporal e da quantidade e do tipo de bebida ingerida.


Tipo de bebida
Massa do motorista em kg

45
63
81
CERVEJA
gramas de etanol/L de sangue
1 copo (200 mL)
0,5
0,4
0,3
2 copos
0,8
0,6
0,5
3 copos
1,1
0,9
0,8
VINHO
gramas de etanol/L de sangue
1 cálice
0,3
0,3
0,2
2 cálices
0,6
0,5
0,4
3 cálices
0,8
0,6
0,5
DESTILADOS*
Gramas de etanol/L de sangue
½ dose(28 mL)
0,4
0,3
0,2
1 dose(56 mL)
0,7
0,5
0,4
1 dose e meia
0,9
0,7
0,6

* Uísque, gim, vodca, aguardente etc.


Fonte: Completamente Química, Martha Reis. Pág. 215. Ed. FTD. 2001

0 comentários:

Postar um comentário

Introdução às Reações Orgânicas

Perfumes Emporium Galbanum

Perfumes Emporium Galbanum

Total de visualizações